Diario Pernambucano – Falsiê, mas sem farsas.

Projeto de lei pretende restringir usos da expressão “filho da puta”

“Nenhuma de nós pariu um deles sequer”, afirma presidenta do SINDIPROST.

Atribui-se à categoria “filho da puta” uma série de sujeitos tradicionalmente sem escrúpulos. Aquele vizinho inconveniente, o parceiro infiel, o árbitro ladrão ou o político corrupto. Usa-se a expressão de forma tão natural que ignoramos o drama das próprias putas. “O costume de taxar alguém de filho da puta carrega o sentido arcaico do bastardo. Hoje, as coisas são diferentes. A dúvida sobre a paternidade não atinge apenas as profissionais, mas também as amadoras. A sociedade multicultural veio solucionar todas essas caduquices conservadoras”, afirma Marie Trisyo, presidenta nacional do SINDIPROST (Sindicato das Prostitutas). O projeto de lei “É a puta que o pariu!”, busca erigir uma ação afirmativa em âmbito nacional visando compensação moral contra séculos de infâmias e calúnias que vitimizam as profissionais do sexo. A proposta foi impetrada junto ao Senado (habitual antro dos maiores filhos da puta) e está atualmente sob análise da Comissão de Direitos Humanos. “Não é possível que um filho da puta, perdão, um desses filhos de chocadeira não se compadeça do nosso caso. Cê acha que quando chamam um Renan Calheiros de filho da puta toda a nossa categoria não se ofende? Nem Collor, nem Cachoeira, nem Demóstenes, nem Bush, nem Ricardo Teixeira. Nem esses, nem outros tantos, são filhos das nossas associadas”, complementou Trisyo.

lala

Comentários

comentários

URL curta: http://www.diariopernambucano.com.br/?p=12231

Publicado por em 2 fevereiro 2013. Arquivado em Brasil, Política. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

3 Comentários para “Projeto de lei pretende restringir usos da expressão “filho da puta””

  1. A bem da verdade ninguém pretende injuriar as mulheres que fazem sexo por dinheiro. O termo PUTA aplica-se à mãe virtual de tanta velhacaria dos políticos ou de outro ladrão qualquer que rouba como profissão. Chamar Sarney de FILHO DA PUTA, isenta sua mãe de qualquer ofensa porque não foi ela que o ensinou a roubar! O Sindicato das Prostitutas, representa uma classe de mulheres que exercem um trabalho muito secretamente elogiado por todos os homens e vilipendiado pelas beatas de todos os naipes religiosos. Que a grande maioria dos políticos são uns grandes FDP, ninguém tem dúvida e as mães sentem vergonha de terem parido tanto ladrão!

  2. Marcos

    Tudo bem, de agora em diante xingaremos: Filho de Sarney!!!!!

  3. André Bernardo Pires

    Com tanta coisa mais importante para ser votada ou aprovada em Projeto Lei, por que vamos desviar a atenção de uma nação por causa de xingamentos?
    Além do mais Puta era uma deusa menor do panteão mitológico romano, que era uma deusa da Poda das Árvores, da Agricultura e também da Fertilidade.

Deixe uma Resposta

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Confira nosso canal no Youtube

Últimas Notícias

Imagens

Fazer login | Desenvolvido por RackTheme