Diario Pernambucano – Falsiê, mas sem farsas.

Presidente de entidade de turismo afirma que latinos pobres serão proibidos de visitar o Brasil durante as Olimpíadas

Farofa argentina

Farofada argentina na Copa incomodou a Associação Brasileira de Agências de Viagem.

Brasil, decime cuánto cuesta – “Fico triste de estarmos cercados de primos pobres”, foi o que disse Jeorge Irdes Daki, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem, acerca da enorme presença de argentinos “lisos” no Rio de Janeiro durante a Copa do Mundo. Inicialmente, parecia apenas um comentário rancoroso acerca da inesquecível eliminação do Brasil e da subsequente ida dos Hermanos à final. No entanto, viu-se que a afirmativa não era mera expressão de inveja. Segundo Jeorge, a ideia é se livrar da desonra de ter sido voluntário explorado pelas empresas impostas pela FIFA que, por sua vez, embolsou a maior parte da grana do turismo deixando agentes de viagem a ver navios. Dados os fatos, para tornar-se testemunha das Olimpíadas de 2016 há que se ter em conta uma regra básica. Qualquer passaporte latino-americano terá que ser apresentado junto à quantia de seis mil dólares em dinheiro vivo. Caso contrário, o ingresso no país será interditado. Norte-americanos e europeus pobres serão exceção e terão passe livre. A dúvida que fica é de ordem da lógica aristotélica. Se todo brasileiro é latino e a maioria dos brasileiros é pobre, então a maioria dos brasileiros é de latinos pobres. Que trabalho interno fazer antes da chegada dos gringos, senhor Jeorge?

lala

Comentários

comentários

URL curta: http://www.diariopernambucano.com.br/?p=15964

Publicado por em 16 julho 2014. Arquivado em Brasil, Esportes. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Confira nosso canal no Youtube

Últimas Notícias

Imagens

Fazer login | Desenvolvido por RackTheme