Diario Pernambucano – Falsiê, mas sem farsas.

Prefeitura de Ouro Preto inicia derrubada de igrejas históricas para construção de filiais da Universal

Igreja de San Pietro, Ouro Preto, sendo demolida.

Igreja de San Pietro, em Ouro Preto, sendo demolida.

Uma ação da prefeitura de Ouro Preto está amotinando toda a população do sítio histórico daquela localidade. Igrejas históricas estão começando a ser derrubadas e em seus lugares serão alocadas filiais da Igreja Universal. O acordo foi selado entre prefeitura, Estado de Minas, União e a IURD, como início de um projeto nacional de atualização de sítios históricos que são Patrimônio da Humanidade.

A primeira das igrejas em processo demolição, a Igreja de San Pietro, localizada na Rua 28 de Janeiro, no Bairro do Carmel, já teve suas primeiras estruturas desmontadas. Desativada há mais de dois anos, sob constante protesto da população, o templo é sempre fonte de ironia pública quando permanece fechada em pleno dia de São Pedro, no calendário católico.

Professor Lucrécio Dantas, prefeito de Ouro Preto, afirma que as igrejas antigas, caquéticas metafisicamente e caducas do ponto de vista estrutural, representam um risco à população e é momento de atualizar o catolicismo pelo protestantismo em território ouropretense, quiçá nacional.

O caso começa a acender um alerta em direção à cidades irmãs como Olinda, em Pernambuco, que também ostenta igrejas históricas desativadas, também sob protesto da população.

lala

Comentários

comentários

URL curta: http://www.diariopernambucano.com.br/?p=23186

Publicado por em 23 novembro 2017. Arquivado em Brasil. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Confira nosso canal no Youtube

Últimas Notícias

Imagens

Fazer login | Desenvolvido por RackTheme