Diario Pernambucano – Falsiê, mas sem farsas.

Mistério revelado: Governo finalmente divulga custo total da Arena Pernambuco

Fim do mistério! – Talvez para combinar com a tradição faraônica do empreendimento, o custo total da Arena Pernambuco permanecia um enigma esfíngico por parte do governo do estado, tendo sido divulgada publicamente apenas sua previsão inicial: módicos R$ 532 milhões. Visto que a obra teve acelerada a sua construção para que fosse entregue antes da Copa das Confederações e o contrato de parceria público na privada com a Odebrecht incluiu o benefício do Bolsa Estádio à construtora – que garante uma renda mínima de R$ 36,6 milhões anuais -, diversos atores da sociedade civil se empenharam em tentar obter informações mais precisas. Um dos mais recentes foi feito pelo repórter Giovanni Sandes, do Jornal do Commercio, através de um pedido de oficial respaldado pela Lei de Acesso à Informação (LAI), cuja sucinta resposta da Secretaria de Planejamento e Gestão afirmou que o custo total da Arena “encontra-se (ainda!) em análise pelo Estado”.

arena-pernambuco-quanto-custou

Baseando-se na experiência da concorrência, a reportagem do Diário Pernambucano decidiu também apelar ao instrumento legal que garante ao cidadão o direito de informação sobre os gastos públicos. Optamos, porém, por perguntas extremamente objetivas, que não deixariam margens para qualquer tergiversação por parte da gestão estadual. Nesta sexta-feira, 9 de maio, há praticamente um mês do início da Copa e vinte e um dias após o protocolamento do pedido de informação, finalmente recebemos resposta da mesma secretaria. Confira a seguir:

bigbig-arena-pernambuco

1. Além da previsão inicial, a Arena Pernambuco custou mais que um (chiclete) Big Big?

Resposta: “Sim, os custos adicionais da Arena ultrapassaram o valor de um Big Big.”

2. Considerando que um Big Big custava R$ 0,10 no fiteiro do senhor Manoel – que, como outros cidadãos e cidadãs residentes no Loteamento São Francisco, teve sua casa e comércio destruídos para construção do Terminal Integrado de Camaragibe, obra do dito Ramal da Copa que não será entregue à tempo para o evento. Quantos chicletes poderiam ser comprados no fiteiro de Seu Manoel com o valor total da Arena Pernambuco?

Resposta: “Muitos. A quantia exata não pôde ser precisada. Ademais, tal questão impõem a necessidade de análise e sistematização de dados pela Administração, trabalhos a que esta não é obrigada a executar para o fornecimento de informações, de acordo com o inciso III do artigo 14 do Decreto Estadual nº 38.787 de 30 de outubro de 2012.”

lala

Comentários

comentários

URL curta: http://www.diariopernambucano.com.br/?p=15746

Publicado por em 10 maio 2014. Arquivado em Economia, Esportes, Mauritsstad. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

2 Comentários para “Mistério revelado: Governo finalmente divulga custo total da Arena Pernambuco”

  1. Izzy F

    Ou é chiclete ou é big big. O Chiclete costuma ser mais caro que o big big. Seria mais conveniente e correto se referir a ambos como goma de mascar.

  2. This is terrific writing – pungent, sarcastic and personal. Whoever wrote this, keep up the good work.

Deixe uma Resposta

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Confira nosso canal no Youtube

Últimas Notícias

Imagens

Fazer login | Desenvolvido por RackTheme