Diario Pernambucano – Falsiê, mas sem farsas.

Legalização da maconha no Uruguai reduz população do Recife em 50%

Diariamente, multidões se aglomeram no Aeroporto dos Guararapes destinando-se ao Uruguai. É a Migração Herbocinética.

Do dia para a noite, vôos do Recife para Porto Alegre sextuplicaram, causando muita balburdia no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Coisa parecida só acontece com invasão de torcida organizada. A razão? Esse é meio do caminho para se chegar ao Uruguai. José Mujica, presidente uruguaio, pretende realizar a proposta de estatização da maconha e a consequente legalização no país. Como se sabe, Pernambuco é o estado brasileiro onde mais se consome essa lombra-commodity. Os sociólogos da UFPE batizaram esse novo e anômico movimento migratório de Migração Herbocinética. Segundo um censo demográfico de emergência, o mais alarmante é que o total de habitantes do Recife já caiu em 50%, passando de 1,5 milhão para 750 mil pessoas.

Filas chegam até a Avenida Boa Viagem.

As autoridades já estudam o fechamento das fronteiras e afunilamento das saídas do Recife aero e rodoviariamente. O cidadão que porventura sair para o Sul e não voltar dentro de 30 dias perderá a cidadania e será acusado de evasão de cérebro. “O Uruguai é pertinho, logo, mais barato de chegar. Finalmente vou poder realizar minhas potências criativas em qualquer lugar sem precisar esconder que fumo ou ouvir de um careta imbecil que maconha mata, deixa agressivo, me fará assaltar bancos ou que é pecado”, afirmou Dário Lara Beise, publicitário.

Confira no vídeo: Fidel Castro comenta o caso do êxodo recifense para o Uruguai e foliões opinam sobre o uso do lombrômetro na Lei Seca.



 

lala

Comentários

comentários

URL curta: http://www.diariopernambucano.com.br/?p=11281

Publicado por em 1 agosto 2013. Arquivado em Brasil, Destaques, Mauritsstad, Últimas. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

19 Comentários para “Legalização da maconha no Uruguai reduz população do Recife em 50%”

  1. Põnrrãm meu, nem me avisaram kkkkkkkkkkk

  2. […] a América Latina tem demonstrado expressivo progresso espiritual. Refiro-me, sobretudo, aos avanços promovidos pelo presidente do Uruguai, José Mujica, ao reconhecer, como chefe de Estado, o uso de uma dádiva fornecida por Deus para a […]

  3. Graças a Deus eu me libertei dessa desgraça da maconha, que me causava depressão, alucinações, ilusões e paranoias.
    – pensamentos confusos e desorganizados.
    – ansiedade e angústia que podem levar ao pânico.
    – sensação de extremidades pesadas.
    – medo da morte.
    -Hoje é só felicidade, paz, amor e mente sadia
    – Agora só vivo baseada na palavra de DEUS
    -Jesus me libertou dessa praga!!!!!

  4. Airton Lima

    Deus cria… o homem hipocrisia.
    Toda planta é um ser vivo. A maconha é uma planta. Logo, a maconha é um ser vivo. Da mesma forma, toda bebida alcoólica é uma droga. O vinho é uma bebida alcoólica. Logo, o vinho dá lombra! _Vai dizer que não?… Ou ainda, Deus criou todas as ervas… _Ó Glória! no mundo. Daí o uso do termo erva santa. A maconha é uma erva, logo, a maconha é criação… _Muito doida! de Deus. Si liga aí, toda bebida alcoólica é criação do homem… _ Para o seu prazer. O vinho é uma bebida alcoólica. Logo, o vinho é criação… _E lombra! do homem… _ Que tem prazer, é claro. Pergunta-se: A lei dos homens é a lei de Deus ou a lei de Deus é a lei dos homens? Não perdendo de vista que na relação homem-homem a lei é do mais forte, encontramos no mercado… _Que nem sempre! é uma relação homem-homem, e onde o capital é quem faz as leis, à idéia… _Moral, caramba! da erva ser criminosa e o vinho um produto de grande rendimento no mercado. Um santo produto, ou melhor seria, um produto santo? Concluindo, tenho olhos de hipócrita, tenho ouvido de hipócrita, tenho boca de hipócrita. Conheço-me hipócrita, tenho à possibilidade de negar-me à hipocrisia.

  5. Informação Inacreditável, surreal, hilário, cômico, trágico…É pra rir mesmo, será a seca a seca tão braba assim lá no Pernambuco ao ponto de acontecer esse tipo de coisa… Ou : Não, não é isso, em Pernambuco deve tem maconha demais que dá pra todo mundo , e todo esse êxodo de pernambucanos para o Uruguay me parece ser motivado por uma filosofia , a de, moralmente, não se considerar criminoso perante o Estado ou à sociedade por fumar ou ter no seu jardim um pezinho desse simples vegetal. o efeito da maconha não faz com que um indivíduo dê tiro em outro, não provoca o desejo da violência , como o alcool , cujo uso é liberado porque o maldito vício moralmente aceito por hipócritas , paga impostos e estimulado por uma mídia que arrecada milhões… Eu quero poder plantar maconha em casa para uso pessoal e medicamentoso sem ter que dar satisfações a ninguém, nem mudar para o Uruguay , nem ser considerado criminoso. por isso, entendo e êxodo dos pernambucanos ao Uruguay, só estranho que seja a metade’ da população… [site para pesquisa e estudos sobre o thc: . E AGORA VOU RIR>KKKKKKKKKKK

  6. Carlos Cabral

    Legalizeeee

  7. veca

    é mentiiira tchutchu, é mentiiira!

  8. Lincoln

    Pare de comprar Maconha,
    comece a plantar,
    drogas quem faz é o homem ,
    a Ganjah quem fez foi Jah…
    hahahaha legalize it

  9. […] a medida, números da Migração Herbocinética, em direção ao Uruguai, que vinha causando grave redução populacional no Recife, tenderão à […]

  10. […] a medida, números da Migração Herbocinética, em direção ao Uruguai, que vinha causando grave redução populacional no Recife, tenderão à […]

  11. […] a medida, números da Migração Herbocinética, em direção ao Uruguai, que vinha causando grave redução populacional no Recife, tenderão à […]

Deixe uma Resposta

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Confira nosso canal no Youtube

Últimas Notícias

Imagens

Fazer login | Desenvolvido por RackTheme