Diario Pernambucano – Falsiê, mas sem farsas.

Câmara discutirá inclusão de Ritalina na merenda escolar

“É preciso uma cultura de obediência e padronização num mundo sem valores”, afirma idealizador do projeto que incluirá Ritalina na merenda escolar.

A Ritalina, droga da obediência muito famosa nas mais tradicionais escolas brasileiras, está para se tornar componente obrigatório na merenda das escolas públicas. A ideia é do Deputado Júlio Santos do PPGI-RJ (Partido Progressista do Grande Irmão). A intenção é padronizar cabeças e dopar crianças para que estudem muito e questionem pouco. “Existe hoje a necessidade de criar uma cultura da obediência numa sociedade que se perdeu em excessos liberais. Assim evitamos agressões contra professores, cortamos esse papo de homossexualismo e nos prevenimos contra a presença de futuros adultos se rebelando contra políticos honestos. O lema é estudar mais, pensar menos”, afirma Santos. Segundo linhas do projeto, a ideia é ministrar 70 mg diários via oral diluídos nos sucos ou mesmo misturados aos alimentos. “Quiçá presente até nos bebedouros!”, afirma Júlio César Lombroso, diretor da Escola Estadual Emílio Guerra em Teresina no Piauí. O Dr. Drauzio Varella e a apresentadora do programa Saia Justa, Astrid Fontenelle, comentaram sobre o caso. Confira:   

 

Controvérsias - Segundo os cientistas, a substância é a mais indicada no tratamento do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). O remédio, cujo princípio ativo é o cloridrato de metilfenidato, faz com que a criança fique quimicamente contida em si mesma e é extremamente benquisto pela indústria farmacêutica, laboratórios e orgãos públicos.

“Vejo pessoas criticando o usa da Ritalina. São retrógrados! A maioria dos pacientes tolera bem a medicação, que altera o organismo para que o cérebro funcione melhor. É como um par de óculos: corrige a maneira como a criança enxerga o mundo. Pacientes agitados, impulsivos, com dificuldades de aprendizagem, ao usarem o remédio, conseguem prestar mais atenção nas suas tarefas e aprendem com mais facilidade. O remédio é seguro e apresenta até 80% de eficácia. Mas deve ser sempre usado com acompanhamento médico e adequadamente prescrito, segundo seus adeptos”, afirma Marcel Hipocondreu Alves, farmacêutico.

Ademais, os dados não mentem. Só em 2009, cerca de 2 milhões de caixas das pílulas foram vendidos. De 2009 a 2011 o comércio da droga subiu em 75%.

Ciência cretina! Não há nenhum exame que determine se a criança é hiperativa ou se tem outro problema. Sempre existiram crianças e adolescentes desatentos, agitados e com dificuldades de aprendizagem. Mesmo os perseguidos socialmente não desenvolverão obrigatoriamente quadro de depressão e síndrome do pânico. Óbvio que se trata de uma indústria e, sobretudo, de um espírito do tempo. Déficit de atenção? Geração Ritalina, a geração sem foco, a geração sem significado, a geração sem memória de longa duração, a geração ícone, geração fato, geração manchete, geração avatar facilmente deletável” afirma Juliana Szabluk, professora e psicóloga.  

Comentários

comentários

URL curta: http://www.diariopernambucano.com.br/?p=13068

Publicado por em 6 maio 2013. Arquivado em Destaques, Educação, Política, Saúde. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

56 Comentários para “Câmara discutirá inclusão de Ritalina na merenda escolar”

  1. Biãzio Guarezi Neto

    Vocês são sem noção? Só pode ser, já que pensam que o que levou o ser humano para o progresso é a subserviência e não o livre pensamento. Querem criar com isso o que? Milhares de robos que aceitem seus dogmas? Estudar pra aprender, ou seria melhor usar a palavra decorar? Estudar pra decorar e repetir as mesmas idéias? Assim estariamos na escravatura ainda e o capitalismo que nasceu aqui com o intuito de explorar o recem liberto não teria vingado..vale a pena pensar, até para pessoas más, mas vale. E senhor deputado Julio Santos, Sugiro veementemente a Vossa Excelentíssima que procure receber contribuições inusitadas na cavidade retal. Força ao povo brasileiro, algum dia nos libertamos para nunca mais sofrer!

  2. Cristina Keiko

    Caros leitores, juro que quando li a chamada desta matéria pensei que fosse uma piada de mal gosto!!! Inacreditável, absurdo! Estes políticos deveriam, antes de se candidatarem ou, no mínimo, antes de propor algum projeto de lei, ESTUDAR!!!!!!!!! Esta droga deveria ser extremamente controlada e não há pesquisas científicas sérias que tenham avaliado seus efeitos ao longo de um tempo de uso. Imaginem o seu uso por crianças, cujo sistema nervoso central está em plena formação!!!

    • vinny

      Cara logico que he uma piada da uma olhada no nome dos personagens, isso he um site de humor, o pessoal da globo foi que não checou as fontes!!!

    • Richard

      Moça, leia na aba “Quem somos” qual é o propósito do site. Talvez você passe a entender que matérias como essa ou como “Marcelo D2 é o novo ministro da agricultura”, ou como “Pastora Suzane Richthofen é nomeada presidente da Comissão de Seguridade Social e Família” são todas fictícias, uma mera forma de falar algumas “verdades incovenientes” através do humor!
      Qual é o problema das pessoas lerem sobre as fontes que veiculam as notícias antes de acreditarem em qualquer matéria exdrúxula que vêem na internet?

    • André

      É claramente uma piada. Olha o nome dos entrevistados (Lombroso, p.e.), ou ainda o partido do “deputado”. É notícia fake, não sei qual a intenção.

  3. Leandra

    É mais fácil para alguns medicar do que tentar educar, principalmente em casa. As crianças precisam ser ouvidas, elas hoje fazem parte de outra geração não atem comparação com a geração desse coitado! Ainda bem que hoje ela são mais evoluídas, daí aparecem alguns políticos, que deve ter em casa crianças problemáticas, porque são tão ignorantes em sua essência que preferem medicar ao ter que conviver com criaturas mais inteligentes do que eles.

  4. Gabriel Hoffmann

    Inacreditável! Que absurdo, ao invés de evoluirmos em relação à educação, estamos regredindo. Espero que os pais não permitam que seus filhos sejam dopados por esses ignorantes.

  5. Marilene Almeida Pereira

    O que acabei de ler,é crime,sob o meu ponto de vista! Não sou contra o uso doa Ritalina,até porque ,tenho uma filha,hj adulta,que fez uso nos USA para ser alfabetizada.Porém,para isso,passou por uma bateria de exames,por uma junta médica e,teve sucesso!Depois de uns meses,foi liberada e continuou bem,dentro do contexto que precisava.Isso,numa escola pública,com tratamentos bancados pelo governo!O meu neto,filho dela,tbm precisa fazer uso da Ritalina.Mas,só e tão somente para estudar!O methilfenidato,pode sim trazer riscos sérios,graves.Portanto SÓ PODE SER PRESCRITO APÓS AVALIAÇÃO CRITERIOSA De MÉDICOS DE EXCELÊNCIA!!
    USAR ESSA MEDICAÇÃO NA MERENDA É CRIME PORQUE PODE MATAR!
    QUALQUER PAI,MÃE,CUIDADOR RESPONSÁVEL TEM QUE SABER DISSO E SÓ PERMITIR O USO SE NÃO HOUVER OUTRA ALTERNATIVA.!
    POR QUE ESTE HOMEM NÃO FAZ USO NELE MESMO’SÓ PARA EXPERIMENTAR?!E,NA DOSE QUE PROPÕE,MATA!!!!

  6. otoniel

    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaka.

    acho que a ritalina já está sendo usada á bom tempo.

    estudar,estudar,estudar,e NÃO PENSAR.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. João Augusto de Oliveira

    O uso da ritalina é um absurdo, mas esse artigo não é real, foi fabricada.

    Não consta fontes, aponta para o facebook de algumas pessoas citadas (quem aponta para o facebook em um artigo?) e o pior, não há um deputado com este nome e muito menos um partido chamado PPGI-RJ (Partido Progressista do Grande Irmão).

    Se vocês pesquisarem sobre o assunto no Google, verão que TODOS os sites apontam para esse aqui.

    SE for, passe mais informações, por favor.

    • angela

      Verdade João Augusto, assim que li a primeira parte do artigo fui buscar o partido e não encontrei. Embora seja um assunto pertinente e que não duvido venha a ser colocado em pauta tão logo, é preciso buscar as fontes antes de sair compartilhando… Se alguém souber de algo mais por favor comuniquem. Adoraria saber. Grata. Angela

  8. Mariana

    kkkkkkkkkkkkk É difícil perceber q se trata de uma brincadeira! Apesar de saber que é uma brincadeira, eu acho que o desejo de controlar situações que fujam aos seu controle é real por parte dos nossos legisladores.

  9. Guilherme

    Mariana, já diz a chamada do jornal, falsiê mas sem farsas. E se a vida realmente imita a arte eu não duvidaria nada!

  10. Expedita Ricarte

    Esses parlamentares realmente não tem o que fazer.Um absurdo.Cuidado caros professores, quem garante que na água q vcs bebem nas escolas não contém tal subst\ãncia? Servidores cuidado.

  11. Dr. Cornélio

    Descobri em ambulatorio da periferia da cidade em que trabalho Mimoso do Sul – Espirito Santo, mães buscando receitas, exames hormonais do crescimento e tiroidianos.
    Entrevistando estes pacientes e os pais, notei algo muito estranho pois as crianças apresentavam-se atenciosas, orientadas e dando respostas coerentes mostrando assim o seu grau de cognição. não entendo porque usar uma medicação para que esses individuos tenham “maior desempenho” se tornando dependentes químicos.
    Mais assustador é o uso da medicação sem o acompanhamento minuncioso médico. se a criança tem um défctil de atenção ou uma hiperatividade cabe aos educadores do nosso Brasil buscar soluções pedagógicas para que eles possam estar inseridos dentro do contexto “normais”.
    Estamos aceitando imposições capitalistas de uma industria farmaucetica com fins lucrativos e com isso menosprezando e diminuindo a responsabilidade do dever da escola e das famílias. que se tornaram alienadas e preguiçosas na questão de observar e educar seus filhos.
    isso fruto de uma sociedade fast food. onde tudo deve ter uma rápida solução.
    Na minha experiencia médica presenciei nos congressos médicos a disputa pelo mercado farmaceutico das industrias multi nacionais colocando suas drogas no mercado nacional, atraindo a classe médica pela boca, ou seja, vinhos, cerveja , champanhe, canapés … comidas diversas
    este era o modo de seduzir o médico para o uso das drogas ofertadas.

  12. André

    Como bem dito pelo Dr. Drauzio Varella: “Isto é uma estupidez humana!”
    A que ponto um ser humano pode chegar de cogitar um projeto desse? Simplesmente ridículo! Me impressiona tal ignorância e me envergonha saber que pessoas são representadas por sujeitos dessa estirpe.

  13. O lema é estudar mais, pensar menos”.sempre aprendi com os meus pais, quem estuda pensa mais.Contraditório esta afirmação do nobre político.

  14. Se até as Forças Armadas dos Estado Unidos não aceitam jovens que ingeriram Ritamina, por ser alterados psicologicamente e não aceitam ordens. Imaginem as escolas com alunos com essa droga, vão ficar pior do que estão.

  15. anna kelly

    sinceramente, não percebi a sátira, mas por fim, o partido realmente não existe. acho que não é o caso da desinformação dos leitores e sim de que a cada dia uma nova atrocidade é cometida para com a população, e por que não, tornar as crianças os soldados que os interessados precisam? eu particularmente ,independente de crime, o uso indiscriminado desse medicamento já acontece em outros lugares do mundo, e com crianças e apesar da minha indignação e de tantos outros, eu nao duvidaria se fosse real.

  16. Luiz

    Já estava mais do que na hora!!! Esses alunos estão cada vez piores, sem limite nenhum!!!! Sou totalmente a favor, principalmente para alunos indisciplinados!!

  17. Sílvia odorizi

    Estou passada com essa petulância do deputado de ter coragem de colocar em discissão uma medida dessa proporção! É crime esse deputado é assassino da pior qualidade e pelo amor de deus quem elegeu uma pessoa dessa pra faze leis pra que nós mortais cumpramos? Com certeza esse deputado é mais um caso de compra de votos daquelas pessoas completamente desesperadas pra comer, porque aí nunca terá a menor possibilidade de pensar minimamente que seja com humano, pois só animais famintos é que conseguem eleger um monstro desse par nos representar. Afasta de mim esse cálice!

  18. heloisa

    Brincadeiras à parte, apenas quem conhece, convive, e SENTE verdadeiramente o que é uma criança com demandas neurológicas/psicológicas sabe o que significa a banalização da questão. É triste colocar tudo no mesmo “balaio de gato”. Um texto leviano desse apenas corrobora com a propagação da desinformação, dos mitos e mascara a crítica sadia.

  19. Gabrielle

    Ridículo! Me assusta a ignorância humana.
    Droga da obediência hahhahah, vcs não sabem nem o que estão falando, essa não é e nunca será a função dessa droga. Tá falando de educação aí, mas não se informa antes de falar asneira.

  20. Tays

    Sou totalmente a favor! Esses pestinhas precisam ser controlados! A qualquer custo!

  21. Tays

    Sou a favor da Ritalina e a volta da palmatória e de ajoelhas no milho!!
    Regredir é preciso!

  22. Sem Noção

    Sim, também será colocado Straknina no cafezinho e no aperitivo da Câmara e do Senado…

  23. Maria

    Vejamos a que ponto chegamos! temos que preencher o tempo das crianças e adolescentes com coisas de qualidade . é assim que podemos falar em educação e não pondo um tipo de ( droga) para mudar o estado de inqietação dos mesmos.
    absurdo isso.

  24. Clara

    Chorando de rir com os cometários da galera que acha que a parada é séria.

  25. fabiana castro

    ABSURDO, pq este politico retardado não coloca RITALINA no café dele e toma…..meu irmao é autista tomou RITALINA uma vez teve crises horriveis e delirantes…nao recomendo pra crianças normais….abusado este politico filho da put#

  26. João Aragão

    Vamos pegar essa Ritalina e e n f i a r n o C U do Deputado Júlio Santos do PPGI-RJ (Partido Progressista do Grande Irmão), pois ele tem problemas mentais!!!!!

  27. Lairton Parma

    O que!? Agora vão oficialmente drogar as crianças? Já pensaram que alguma criança pode ter alergia dessa porcaria e morrer. Dinheiro para proporcionar remédios de alto custo para quem tem de fazer tratamento não tem, mas dinheiro para drogar a criançada, ah, isso tem!
    Tiram a autoridade dos professores e agora drogam as crianças!
    Tiram a autoridade dada por Deus aos pais e acham que drogar as crianças resolve.
    Sl 33. 12 “Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR, e o povo que ele escolheu para sua herança”.
    Infeliz é a nação cujo “droga” é a autoridade! Pobre Brasil!

  28. Lucas Castro

    Vocês, responsáveis pelo site, devem tomar mais cuidado com o tipo de matéria, seja ela falsa ou fictícia, que veiculam na internet. Se vocês fossem mais cautelosos, não usariam o nome de um laboratório e de um medicamento, não divulgariam um vídeo com um médico e uma jornalista dando opiniões no meio da matéria e, muito menos ainda, não usariam o nome da câmara. Os abusos econômicos e os desmandos políticos que estamos sujeitos a passar, podem ser combatidos por formas mais inteligentes de divulgação e informação. Para mim, isto não é humor e sites como este tendem a se exaurir com o tempo.

  29. Fernando

    A conclusão que chego é que a maioria do pessoal que comentou amatéria já toma esse remédio… pq esse pessoal NÃO PENSA !!!!! Isso é um site de humor !!! kkkkk
    A piada foi boa, a montagem do vídeo também, mas os comentários são hilários !!!
    boa tarde, pessoal

  30. Israel

    Isso no fim é só para causar dependência química em crianças e vender drogas e quando digo isso falo das lícitas e ilícitas nós somos tratados piores do que ratos de laboratório.

  31. Flávia

    É nisto que dá o senso comum… o deputado como muitas outras pessoas, acreditam que esta é a droga da obediência! A ritalina é um medicamento muito importante para o tratamento do Deficit de atenção, mas de forma alguma age no controle da vontade e do comportamento, ao menos age na personalidade. Acredito e milito para que este medicamento seja oferecido gratuitamente pelo SUS, mas que antes seja realizado um diagnóstico preciso. A ritalina não é uma vitamina , não é um dopaminérgico ou calmante, não deixa aluno quieto e calmo! metilfenidato é um psicoestimulante- um fraco estimulante do sistema nervoso central, com efeitos mais evidentes sobre as atividades mentais do que nas ações motoras

  32. Maria,

    Penso que antes de mais nada , antes desses loucos continuarem criando leis absurdas deve haver debates a nível nacional e somente depois de muita pesquisa e comprovação científica e espiritual uma lei como estas poderá ser aprovada.Não se trata de votar sobre coisas materiais mais sim estão lidando com seres Espírituais,que nascem e tem um papel uma função a cumprir.O que esta droga faz é deixar as crianças dopadas o que facilita a os politicos a não mudança na Educação.As crianças não aguentam mais ficar em casa vendo tv ou estudando matérias por anos onde não aplicarão em nada. Dopando os pais ficam tranquilos a escolinha continua a mesma e tudo bem.Palhaçada, acordemos exijamos antes de mais nada que tudo o que for votado seja estudado minuciosamente por todos e votado .Já pensaram o Basil todo estudando e decidindo o melhor.O povo ficando sabido……..Com certeza os politicos terão trabalho de verdade pra fazer no congresso

  33. Maria,

    http://youtu.be/tVQu5CZeE8M
    Até quando vamos dizer amém pra ele????

  34. Maria,

    http://youtu.be/tVQu5CZeE8M -Engenheiros do Havai- –Terceira do Plural–

    Quem são eles?
    Até quando vamos dizer amém pra tudo de errado que eles querem.

  35. Luiz Carlos Toledo

    Dr. Lombroso também propõe a extração radical de neurônios, para que os brasileiros possam se expressar em perfeito dilmês. Só que aí perderão totalmente a esperança de perceber o que estão comentando com tanta indignacão.

  36. João Karsten

    Se eu colocar esse negócio na comida da minha esposa ela fará tudo que eu mandar?

  37. Rômulo de Souza Galaxe

    meu nome é Rômulo e sou um TDAH e faço o uso da ritalina diáriamente por ordem e observação médica,esse medicamento é para pessoas q por genética possuem dificuldade de aprendizagem e uma pessoa normal usar esse medicamento sem necessidade e sem orientação médica pode trazer problemas q a pessoa n tinha antes e apartir disso a pessoa chamará essa medicação de droga pq ficará depensente dela e o q esse cara ta querendo fazer é um ABSURDO INIMAGINAVEL Q EU N TO ACREDITANDO,esse cara precisa ir p justiça e ser preso por um absurdo dele.

  38. Carlos

    BURROS.
    Até que esses sites irão servir bem prá demonstrar a ignorância do leitor brasileiro e as consequências de uma leitura acrítica.
    BURROS!

    …ficou ofendidinho?

    Mimimi e BURRO!

  39. Em 1979, o Dr. Ben Feingold prescreveu uma dieta sem: corantes, aromas sintéticos, glutamato monossódico, nitrito, nitrato, BHA, BHT e ácido benzóico
    Esta dieta foi verificada pelo Dr. John Warner pela Universidade de Southampton UK
    Esta dieta reduz a TDAH 50%

    In 1979, Dr. Ben Feingold has prescribed a diet without: dyes, synthetic flavorings, monosodium glutamate, nitrite, nitrate, BHA, BHT and benzoic acid
    This diet has been verified by Dr. Warner John by the University of Southampton UK
    This diet reduces the 50% ADHD

  40. Télico

    Me digam que esse site é de humor, e que isso não é sério, gente, por favor.
    Sou professor, convivo com o dia a dia estressante de uma escola pública de periferia, mas entendo que isso é um crime contra as famílias, contra as crianças e contra a vida. Pelo amor de deus, me digam que é hoax.

  41. elton

    Pelas demais notícias relacionadas, já dá para ter uma ideia da seriedade do que é publicado aqui.

  42. Marcel

    Esse “Deputado” precisa ser internado com urgência, isso pode ser contagioso!

  43. Ra

    Droga da obediência?
    que absurdo.. vocês não sabem o que falam!
    A ritalina é um remédio como qualquer outro. Se alguém tem depressão, precisa tomar antidepressivo, se tem dor de cabeça, toma um analgésico.. e se tem deficit, toma a ritalina.
    Sem dúvidas a ritalina ajuda na atenção, o que permite melhor os estudos.. e se a pessoa estuda ela adquire conhecimento, e com o conhecimento ela deixa de ser manipulada.. como por exemplo por esse texto ridículo que acabei de ler.
    É claro que o fato de a ritalina ajudar nos estudos não autoriza que ela seja ministrada a todos indistintamente, isto é completamente inconstitucional, mesmo porque para ser adquirida é necessário ter uma receita, pois trata-se de “tarja preta”.

Deixe uma Resposta

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Confira nosso canal no Youtube

Últimas Notícias

Imagens

Login | Desenvolvido por RackTheme