Diario Pernambucano – Falsiê, mas sem farsas.

A exemplo da Argélia, Seleção Brasileira promete doar prêmio da Copa ao Criança Esperança

Filantropia

“Terrorista é quem financia os grupos midiáticos monopólicos”

Num gesto de admirável nobreza, a Seleção Argelina decidiu doar a premiação que recebeu da Fifa por alcançar as oitavas de final à população da Faixa de Gaza. O numerário gira em torno de R$ 19 milhões. Após o feito, os argelinos estão sendo acusados de ceder à pressão do lobby islâmico em prol da Guerra Santa contra Israel e, consequentemente, financiando grupos terroristas como o Hamas. Os argelinos negam a acusação e se sentem ofendidos em serem enquadrados na paranoia terrorista internacional. Tentando repetir o gesto de nobreza executado pelos Guerreiros do Saara, a Seleção Brasileira estuda doar, caso sobrevenha o Hexa, o prêmio equivalente a R$ 83 milhões para o Criança Esperança. Após tomar conhecimento do fato, Islam Slimani, atacante argelino, se pronunciou. “Como podemos ser acusados de financiar terrorismo quando fazemos caridade? Quem agora nos calunia deveria atacar a Seleção Brasileira que, caso ganhe a Copa, vai ajudar a financiar a filantropia farisaica de um grupo verdadeiramente terrorista no campo da comunicação”, disparou

lala

Comentários

comentários

URL curta: http://www.diariopernambucano.com.br/?p=15905

Publicado por em 3 julho 2014. Arquivado em Brasil, Mundo, Política, Últimas. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Confira nosso canal no Youtube

Últimas Notícias

Imagens

Fazer login | Desenvolvido por RackTheme